- Fazendeiro é denunciado por estupro

- Influência européia no Brasil

- República oligárquica e suas injustiças.

"Igreja impede os escravos de manterem sua identidade"

Escravidão

TIL

Em destaque

de favores, a corrupção do processo eleitoral e outros métodos coercitivos impediram a ascensão de outros grupos políticos, impedindo que amplas parcelas da população participem do debate político, tais como escravos serventes e homens livres.

A Republica Oligarca e suas injustiças

Governo de Poucos

No interior paulista extremamente violento, dominado pelos poderosos fazendeiros, onde são eles que determinam as Leis locais, não respeitando as Leis do próprio Estado, protegendo apenas os poderosos.

                 Os grandes proprietários de terra utilizavam de sua influência política e econômica para determinar os destinos da nação. Apesar da presença de um sistema representativo, a troca 

Isso acontecia por volta dos anos 1894 a 1930, em que o Brasil era governado por grupos ligados ao café, a Republica Oligarca. A sociedade nessa época funcionava como uma pirâmide. No topo, os fazendeiros, abaixo deles, os escravos e serventes e na última parte da pirâmide, os chamados homens “livres”. Os escravos eram injustiçados pela sua classe social, sem poder responder por si, eram considerados propriedades dos seus senhores. Os homens chamados “livres” dependiam dos fazendeiros para sobreviver. Os homens podres viviam sob a ameaça dos seus senhores.

"o Brasil era governado por grupos ligados ao café, a Republica Oligarca."

Entretanto, não é somente isso que acontecia. Ocorria o famoso voto de cabresto, quando o voto era aberto, ou seja, os candidatos podiam vem em quem o povo votou, e os fazendeiros compravam o voto com recompensas, e quem não votasse nele, iria ser punido severamente. Os fazendeiros naquela época não hesitavam em usar a força como poder. 

Ocorria também uma grande exclusão social, não só no processo eleitoral, como também no dia-a-dia da sociedade, em que, como foi retratado no Livro Til, quando a mãe de Linda não aceitaria seu relacionamento com Miguel, pois ele era filho de uma servente.

1930

“A Revolução de 1930 foi um movimento armado, liderado pelos estados do Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraíba, insatisfeitos com o resultado das eleições presidenciais e que resultou em um golpe de Estado, o Golpede 1930. O Golpe derrubou o então presidente da república Washington Luís em 24 de outubro de 1930, impediu a posse do presidente eleito Júlio Prestes e colocou fim à República Velha.” 

PORTUGAL

BRASIL 

  • Teoria do evolucionismo dividiu a humanidade em três subespécies.

Na Europa, a importância dos ‘‘mitos de origem’’ juntamente com as teorias raciais deram origem ao surgimento do mito ariano. Esses mitos, traziam em seu interior exclusões que, apesar de não se basearem em diferenças físicas, buscavam segregar diferentes grupos de indivíduos.

Georges Cuvier, através de critérios baseados nas diferenças geográficas, na variação da cor de pele, dividiu a humanidade em três subespécies: caucasiana, etiópica e mongólica.

Os europeus eram adeptos a crença na raça “Ariana”, para eles, os genes dos brancos eram mais desenvolvidos do que qualquer outro. 

Influências

 

"

Para os europeus a raça “mestiça” era digna de negação, pois a mistura de duas raças era algo vergonhoso.

 

"

A população daquela época, buscavam se relacionar com pessoas mais claras do que eles, para gerar filhos brancos. A imigração europeia era vista como uma tentativa de embranquecer de uma vez por todas,a nação. Para a jornalista e pesquisadora Celia Maria Marinho de Azevedo não existia outro povo que fosse capaz de substituir o europeu para o embranquecimento, pois eles eram puros em quesitos étnicos.

 

 

"Mesmo que o país alcançasse algum progresso material, sem brancos e embranquecidos, ele sofreria a falta de avanços morais e intelectuais."

 

Européias

Religiosidade

ESPECIAL

Catolicismo impede os escravos de manterem sua identidade

Religião é um tema polêmico, afinal nossa população é classificada atualmente como católica e não católica. Apenas os índios possuem a liberdade de expressarem suas próprias concepções religiosas. 
Todos sabemos que do número de pessoas registradas no censo como católicos existe uma porcentagem em que essa religião é imposta e não vivida por escolha, que é dos escravos. Todos são contados como católicos, seus senhores não levam em consideração a cultura de seu país de origem por puro preconceito. Por que apenas os índios podem viver de acordo com o que acreditam?
Será que um dia o catolicismo não será mais imposto? Será que um dia a religiosidade africana poderá ser contada e não escondia atrás do catolicismo? Apenas seus santos podem ser admirados? 
Afinal, apenas a doutrina católica ensina as pessoas a serem boas? Como til de José de Alencar.
Os escravos anseiam por liberdade, não só de ir e vir, mas de expressão em que sua identidade seja respeitada, sem terem que se esconder correndo risco de sua espiritualidade torna-se letal.

 

ESPECIAL

Catolicismo impede os escravos de manterem sua identidade

"A antítese banal do anjo-demônio torna-se realidade nela, em que se cabiam no sorriso e na serenidade celeste com os fulvos lampejados da paixão, à semelhança do firmamento onde os fulgores sinistros da procela. O céu, essa imensa tela azul, que foi cúpula de um berço, o da luz, e será mais tarde véu de um leito, o da vida; a alma só procura, só contempla, quando a dor a prostra a menina a rir-se, mostrando um bentinho que tirou do seio, onde trazia como uma cruz, preso a um cordão de ouro." 
Livro TIL

Amor ou interesse?

Por: Ana Vitória

A charge que estampa a página anterior mostra dois casamentos: Um sendo celebrado em 1872, quando foi escrito Til, e outro em 2016. As mães das noivas conversam, explicando os motivos pelos quais suas filhas estão se casando

José da Silva Paranhos, o talvez futuro Visconde do Rio Branco, casou-se nesse domingo na paróquia de São Sebastião.

Amor ou interesse?

‘’Não é fácil aos nativos da América e aos que não pertenciam à velha nobreza, chegar aos graus elevados da carreira das armas.’’ Completa o diplomata nascido na Baía de Todos os Santos.  Atualmente, o casal se encontra em lua de mel e o local não foi revelado, por questões de privacidade e segurança.

 

 

 

 

 

‘’Linda, quando os olhos de Miguel pousavam-lhe na face, corava e sentia o

tímido coração bater apressado. Não raro, o instinto de delicadeza que

recebera de sua mãe, advertia-lhe da distância que separava dela o moço

pobre e de mesquinha condição. ‘’

 

Livro TIL

 

Fazendeiro é acusado de estupro

Luiz Galvão, é acusado de estuprar meninas e a polícia ainda investiga o caso.

A investigação começou nessa quarta-feira (13), após sua mulher ir até a delegacia alegando ter escutado uma conversa entre Galvão e alguns amigos. Em relatos, ela conta que ele sempre pareceu esconder algo, mas ela nunca conseguira descobrir ao certo o que era. Antes de falecer Besita foi até a delegacia, alegando ter sido estuprada por ele. Na época, Ninguém nem sequer achou seu caso relevante. Os investigadores ainda juntam as pistas, e poucos quiseram se pronunciar em relação ao caso. Os que se pronunciaram, disseram que a investigação continuará em aberto até que se encontre provas concretas."

ESTUPRO

Fazendeiro é acusado de estupro

Luiz Galvão, é acusado de estuprar meninas e a polícia ainda investiga o caso.

A investigação começou nessa quarta-feira (13), após sua mulher ir até a delegacia alegando ter escutado uma conversa entre Galvão e alguns amigos. Em relatos, ela conta que ele sempre pareceu esconder algo, mas ela nunca conseguira descobrir ao certo o que era. Antes de falecer Besita foi até a delegacia, alegando ter sido estuprada por ele. Na época, Ninguém nem sequer achou seu caso relevante. Os investigadores ainda juntam as pistas, e poucos quiseram se pronunciar em relação ao caso. Os que se pronunciaram, disseram que a investigação continuará em aberto até que se encontre provas concretas."

Fazendeiro é acusado de estupro

Luiz Galvão, é acusado de estuprar meninas e a polícia ainda investiga o caso.

A investigação começou nessa quarta-feira (13), após sua mulher ir até a delegacia alegando ter escutado uma conversa entre Galvão e alguns amigos. Em relatos, ela conta que ele sempre pareceu esconder algo, mas ela nunca conseguira descobrir ao certo o que era. Antes de falecer Besita foi até a delegacia, alegando ter sido estuprada por ele. Na época, Ninguém nem sequer achou seu caso relevante. Os investigadores ainda juntam as pistas, e poucos quiseram se pronunciar em relação ao caso. Os que se pronunciaram, disseram que a investigação continuará em aberto até que se encontre provas concretas."

Amanda Melati Jacinto, Ana Caroline Carvalho, Ana Vitória Santana Silva, Beatriz da Silva Martins, Beatriz Gomes Mazucatto de Aquino, Beatriz Martins de Oliveira Santos, Bianca Ferreira Caldeirão, Bianca Ribeiro Bordini, Daniela Alexandre dos Santos, Dara Borges Consentino, Darykie Sierra Ramos Alcantara, Dayane Nunes Simões, Emilia de Almeida da Silva, Gabriela Assis Musial, Gabrielly da Silva Santos, Giovanna Pereira Campelo dos Santos, Giovanna Ventura Bortoleto, Jaqueline Moura da Silva, Julia Colognesi, Laura Nogueira Barbosa, Letícia Lorena Sabadin, Luana Santos da Silva, Luana Simoneti Costa de Oliveira, Maria Alice Sampaio de Andrade, Mariana Silva de Sena, Marina Kitaro Gonçalves, Melissa de Souza Tavares, Milene Ferreira Colheri, Nathalia Breda da Costa, Nícolas Augusto Ferreira Moraes, Nicole Queiroz de Oliveira, Olivia Vega, Sofia do Carmo Basciotti, Stephanie Zillig, Tayna Risley Ferreira, Yasmin Ribeiro Pamponet, Yolanda Larissa Pontes

Revista TIL

2D - 2016